O novo álbum Face Yourself do BTS está lindo demais!

Nem superamos Love Yourself e os meninos do BTS já lançaram outro álbum, o Face Yourself!

Álbum Face Yourself do BTS
Foto: Divulgação

O álbum Face Yourself do BTS foi lançado no dia 03 de abril, e além de fazer todas as armys surtarem com o novo trabalho dos meninos, fez com que o grupo alcançasse o primeiro lugar na lista de mais vendidos do iTunes em diversos países: Argentina, Rússia, Espanha, Arábia Saudita, Dinamarca, entre outros.

No Brasil, Estados Unidos, México e China, o álbum ocupou o segundo lugar na loja de vendas online da Apple. É o terceiro trabalho japonês de estúdio dos garotos, sendo como uma continuação do álbum anterior, “Love Yourself”; por isso a semelhança entre os dois são muitas e a gente tá amando tudo!

Além da versão japonesa de alguns hits anteriores e músicas presentes no outro álbum, como DNA e Best Of Me, Face Yourself também trouxe faixas novas: a tradicional introdução presente nos trabalhos, Intro: Ringwanderung; Don’t Leave Me; Let Go; e a música final, OUTRO: Crack.

álbum face yourself do bts

Gif: Reprodução/Tumblr

A introdução consiste em um remix curto de Best Of Me, com as vozes de V (Kim Taehyung) e dos rappers Suga (Min Yoongi) e Rap Monster (Kim Namjoon), iniciando o álbum com uma batida forte e com a energia única do grupo.

Já a música final, OUTRO: Crack a melodia é suave, com as vozes de V, Jimin (Park Jimin), Kook (Jung Kook) e Jin (Kim SeokJin), dando um gostinho para as fãs de “quero mais” da música. Mesmo que a distribuição de linhas não seja tão similar entre os meninos, todos recebem um destaque especial em cada uma das faixas, tornando o álbum equilibrado com as vozes.

E mesmo que a gente ame o Bangtan cantando em japonês, sempre que chega em algumas partes das músicas acabamos cantando a versão coreana, como em Blood Sweat & Tears, que manteve o famoso Wonhae manhi manhi do J-Hope.

álbum face yourself do bts

Gif: Reprodução/Tumblr

O estilo do álbum Face Yourself do BTS

O álbum Face Yourself do BTS manteve o estilo mais recente dos meninos: aquela misturinha entre conceitos, tendo as músicas mais românticas inclusas (como Let Go), com a batida mais pop; porém, sem perder o hip-hop (na música Go Go, por exemplo), que era o conceito único adotado pelos boys no debut… Chega até a dar uma saudade da era No More Dream, lá em 2013.

O idioma japonês realmente combina com BTS e não faz com que eles percam a essência das músicas, mesmo aquelas já lançadas em coreano. Agora é esperar por algum MV, single, apresentações ou turnês da boyband e desejar muito sucesso para eles. Fighting BTS! <3

Os comentários estão desativados.

Próxima notícia